12/05/16

Diário da Mini #10 Projecto 333, o fim

No seguimento deste post é altura de fazer o balanço.

Não podia estar mais feliz :-) Realmente não precisamos de muita roupa, precisamos sim é de aprender a usá-la e foi isto que este projecto me ensinou. Toda a minha roupa conjuga, logo há a possibilidade de ter diferentes looks e todas as peças são usadas sem exceção:-)

Quanto à roupa de verão que era para ser guardada dentro de uma caixa... bem... apesar de já estar quase com o peso que tinha antes de engravidar, o certo é que o meu corpo mudou e a roupa não serve e só estava a fazer com que eu anda-se deprimida a tentar alcançar um objetivo que pelos vistos é inalcançável, o peso perde-se mas a estrutura do corpo não vou consigo alterar. 
Isto, aliado ao facto de ter acabado de ler o livro "Arrume a sua casa, Arrume a sua vida" achei por bem destralhar o armário mais uma vez (toda a roupa de verão e inverno incluindo a escondida no quarto de hóspedes, sapatos e malas). E desta vez foi mesmo à séria, já aqui falei disto!! 

Não serve? Saco.
Não fica bem? Saco.
Já tem aspecto de gasto? Saco.
Desconfortável? Saco.
Está bom, serve mas não trás alegria? Saco.

Resumindo, entre roupa, sapatos e malas, foram 9 sacos de 30lts para doar!! 
Fiquei com o que realmente uso, gosto e me sinto bem, tudo está organizado com espaço e nada atafulhado, até dá gosto olhar :-)

Posto esta nova arrumação, o Projecto 333 deixou para mim de fazer sentido.

Ter de escolher as peças a usar nos próximos 3 meses e guardar as restantes numa caixa não tem lógica. É uma escolha desnecessária pois está tudo bem definido e bem estruturado, aprendi depressa a lição. E é mais espaço que fica livre para guardar outra coisa qualquer ou para não guardar nada Lol

Gostei muito da experiência mas finalmente tenho o meu guarda roupa como eu gosto e como sempre quis. Agarrar em toda mesmo toda a roupa e afins e escolher só mesmo aquilo que me sinto bem e me faz feliz foi a melhor coisa que fiz mas ver todas aquelas peças a irem para dentro do saco, custou muito mesmo muito. 
Mas a sensação final, de dever cumprido, de sentir que saiu de dentro de mim um peso que não sabia que existia valeu por tudo!

Projecto 333, gostei muito de ti mas ADEUS!!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...